Worthy

RUBENS BUENO

Deputado Federal
PPS - PR

Dados do Ranking

3

72 avaliaram este parlamentar

RUBENS BUENO

Deputado Federal
PPS - PR
30 PRESENÇA NAS SESSÕES
+
9 PRIVILÉGIOS
+
-50 PROCESSOS JUDICIAIS
+
15 OUTROS
+
490 QUALIDADE LEGISLATIVA
=
494 PONTUAÇÃO TOTAL
Clique nas pontuações para ver detalhamento

Dados do Ranking

3

72 avaliaram este parlamentar

RANKING

21º
Geral
Estado

Presença nas sessões (Assiduidade)

Compara-se o percentual de faltas do parlamentar com a média de faltas dos demais políticos. A cada dez por cento a mais de faltas que a pessoa tiver, perde-se dez pontos. A cada dez por cento de faltas a menos que o parlamentar tiver, ganha-se dez pontos. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = (((((3,00 + 2 x 5,00)/387,00)/ 0,14 -1) / 0,5) * -10) * 2

Tipo Sessões Presenças Faltas Justificadas Faltas Não Justificadas
Plenário 387 379 3 5

Qualidade Legislativa (Como votou, autor e revisor)

 

Avaliamos as votações das leis mais relevantes do Congresso. As pontuações são definidas por nosso Conselho de Avaliação de Leis levando em conta principalmente sua contribuição para o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

Lei Votou Valor da lei Pontos
DCR 1/2015 - Impeachment - Câmara Sim 25 25
Lei Votou Valor da lei Pontos
SIP 1/2017 - Rejeição da denúncia contra Temer Não -5 5
Lei Votou Valor da lei Pontos
EMC 57/2017 => PEC 287/2016 - Ref Prev FIPE Sim 30 30
Lei Votou Valor da lei Pontos
MPV 726/2016 - Organ. PR e Ministérios - Câmara Sim 10 10
MPV 746/2016 - Ensino Médio - Câmara Sim 20 20
MPV 752/2016 - Licitações e contratos Sim 15 15
MPV 671/2015 - APFUT - Câmara Sim -5 -5
EMC 88/2015 => MPV 670/2015 - Correção tabela IRPF Sim 10 10
MPV 714/2016 - Cias Aéreas Sim 20 20
MPV 725/2016 - Agronegócio Sim 5 5
MPV 759/2016 - Regularização Fundiária - Câmara Sim 10 10
Lei Votou Valor da lei Pontos
PDC 886/2018 - Intervenção federal no RJ Sim 15 15
Lei Votou Valor da lei Pontos
PEC 358/2013 - Orçamento Sim -10 -10
PEC 171/1993 - Redução da Maioridade Penal Não 15 -15
PEC 457/2005 - Funcionalismo Público Sim 10 10
PEC 471/2005 - PEC dos Cartórios Não -5 5
PEC 182/2007 - Fidelidade Partidária Sim 5 5
PEC 443/2009 - Funcionalismo Público Sim -5 -5
PEC 1/2015 - Saúde Sim 10 10
PEC 4/2015 - Prorroga a vigência da DRU Sim 30 30
PEC 11/2015 - Poder Judiciário Sim 5 5
PEC 241/2016 - Teto dos Gastos Públicos Sim 30 30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PL 1057/2007 - Lei Muwaji Sim 15 15
PL 4302/1998 - Terceirização Sim 20 20
PL 2960/2015 - Repatriação de Recursos Não 20 -20
PL 4567/2016 - Exploração do Pré-Sal Sim 30 30
PL 6787/2016 - Reforma Trabalhista - Câmara Sim 20 20
PL 5587/2016 - Uber - Câmara Sim 20 20
PL 8703/2017 - Votação Nominal para Fundão Sim 30 30
PL 8703/2017 - Fundão Eleitoral Não -30 30
PL 8939/2017 - Permissão para venda de parte da exploração do pré-sal Sim 30 30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PLN 2/2018 - Permissão para Reajustes e Criação de Cargos (LDO) Não 30 -30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PLP 278/2013 - Sede MEI na residência Sim 20 20
PLP 124/2015 - Adminsitração Pública Sim 10 10
PLP 343/2017 - Dívidas dos Estados Sim 10 10
PLP 37/2015 - Dívidas dos Estados Sim 5 5
PLP 257/2016 - Orçamento Sim 15 15
PLP 441/2017 - Cadastro Positivo - Câmara Sim 20 20
Lei Votou Valor da lei Pontos
REP 1/2015 - Cassação Eduardo Cunha Sim 30 30
Lei Votou Valor da lei Pontos
SIP 2/2017 - Rejeição da segunda denúncia contra Temer Não -10 10

 

As leis de autoria do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não possui nenhuma lei de sua autoria avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

 

As leis de revisão do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não revisou nenhuma lei avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

Privilégios (Cota parlamentar/verba indenizatória)

Compara o valor gasto pelo político, no período total do mandato, com a média de gastos dos demais parlamentares no mesmo período. A cada dez por cento de gastos acima da média perde-se dez pontos. A cada dez por cento de gastos abaixo da média dos parlamentares ganha dez pontos. Itens repetidos referem-se a despesas de anos diferentes. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = ((((1.080.390,36/1.282.365,78) -1) / 0,5) * -10) * 3

Ano Valor R$
2018 R$ 129.964,63
2017 R$ 317.904,22
2016 R$ 317.586,02
2015 R$ 314.935,49
TOTAL R$ 1.080.390,36

Processos judiciais (Caso tenha alguma informação, favor enviar para contato@politicos.org.br)

Avaliamos matematicamente a ficha de processos judiciais do político. Para cada processo o político perde 10 pontos. Cada acusação grave (formação de quadrilha, corrupção, crime violento, etc) perde mais 10 pontos. Processos com condenação pesam em triplo. Os processos e justificativas apresentadas pelos parlamentares são analisados em parceria com o escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados.

Processo Descrição Pontuação
0003551-90.2015.8.16.0179 - TJ-PR É réu na condição de presidente estadual do PPS. Segundo a acusação, funcionários comissionados contratados para assessoria de deputados estaduais da sigla foram empregados na prestação de serviços no diretório local do partido. A Justiça pede o bloqueio de R$ 11,3 milhões dos bens dos réus para ressarcimento aos cofres públicos. -10
0000784-85.2011.6.00.0000 - TSE A Justiça Eleitoral desaprovou a prestação de contas anual do diretório nacional do PPS referente ao exercício de financeiro de 2010, quando o parlamentar era secretário geral da sigla. Houve diversas irregularidades na aplicação de verbas do Fundo Partidário, como a não comprovação dos gastos e a não utilização de 5% dos recursos para promover a participação política das mulheres. O partido foi condenado a ressarcir R$ 957 mil aos cofres públicos e teve suspensos os repasses de cotas do Fundo por um mês. -40

Outros (Demais Critérios)

Descrição Pontos
Formação (Políticos com formação universitária ganham cinco pontos adicionais) 5
Filiações partidárias (Políticos que tenham permanecido sempre no mesmo partido ganham dez pontos. A partir de dois partidos, a cada mudança perde dez pontos.) 10

Avaliar Parlamentar

 5 - Excelente
43,1%
 4 - Muito bom
2,8%
 3 - Razoável
9,7%
 2 - Ruim
1,4%
 1 - Péssimo
43%

3

72 avaliaram este parlamentar

6 COMENTÁRIO(S)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
ki
karla izidro em 31/01/2018 12:10

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/mp-denuncia-rubens-bueno-e-mais-tres-do-pps-por-improbidade-clzb8u1q8d7iohy4ju0m2adc2

ki
karla izidro em 31/01/2018 12:10

http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/mp-denuncia-rubens-bueno-e-mais-tres-do-pps-por-improbidade-clzb8u1q8d7iohy4ju0m2adc2

DS
DANIEL SONG em 20/02/2018 17:18

Político das antigas que já não merece a vida pública eletiva. Podemos demitir, pois já passou da conta e continua trabalhando para dar continuidade a seus pupilos na vida política como forma e meio de vida. Que ele volte a vida civil e vá trabalhar e pagar impostos como todos. DEMITIDO PARA A PRÓXIMA ELEIÇÃO.

DS
DANIEL SONG em 20/02/2018 17:18

Político das antigas que já não merece a vida pública eletiva. Podemos demitir, pois já passou da conta e continua trabalhando para dar continuidade a seus pupilos na vida política como forma e meio de vida. Que ele volte a vida civil e vá trabalhar e pagar impostos como todos. DEMITIDO PARA A PRÓXIMA ELEIÇÃO.

vg
venancio gomes em 28/02/2018 14:48

parabens por se faser presente;porem ja passou da hora de se aposentar positivo.

vg
venancio gomes em 28/02/2018 14:48

parabens por se faser presente;porem ja passou da hora de se aposentar positivo.

AS
Adeilson Simões em 09/04/2018 18:31

Esse é acusado de improbidade administrativa e prestação de contas. VEJAM ABAIXO Ação civil de improbidade administrativa nº 0003551-90.2015.8.16.0179- - TJ - É RÉU NA CONDIÇÃO DE PRESIDENTE ESTADUAL DO PPS. SEGUNDO A ACUSAÇÃO, FUNCIONÁRIOS COMISSIONADOS CONTRATADOS PARA ASSESSORIA DE DEPUTADOS ESTADUAIS DA SIGLA FORAM EMPREGADOS NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO DIRETÓRIO LOCAL DO PARTIDO. A JUSTIÇA PEDE O BLOQUEIO DE R$ 11,3 MILHÕES DOS BENS DOS RÉUS PARA RESSARCIMENTO AOS COFRES PÚBLICOS. Prestação de contas nº 78485.2011.600.0000 - TSE - A JUSTIÇA ELEITORAL DESAPROVOU A PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DO DIRETÓRIO NACIONAL DO PPS REFERENTE AO EXERCÍCIO DE FINANCEIRO DE 2010, QUANDO O PARLAMENTAR ERA SECRETÁRIO GERAL DA SIGLA. HOUVE DIVERSAS IRREGULARIDADES NA APLICAÇÃO DE VERBAS DO FUNDO PARTIDÁRIO, COMO A NÃO COMPROVAÇÃO DOS GASTOS E A NÃO UTILIZAÇÃO DE 5% DOS RECURSOS PARA PROMOVER A PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DAS MULHERES. O PARTIDO FOI CONDENADO A RESSARCIR R$ 957 MIL AOS COFRES PÚBLICOS E TEVE SUSPENSOS OS REPASSES DE COTAS DO FUNDO POR UM MÊS.

AS
Adeilson Simões em 09/04/2018 18:31

Esse é acusado de improbidade administrativa e prestação de contas. VEJAM ABAIXO Ação civil de improbidade administrativa nº 0003551-90.2015.8.16.0179- - TJ - É RÉU NA CONDIÇÃO DE PRESIDENTE ESTADUAL DO PPS. SEGUNDO A ACUSAÇÃO, FUNCIONÁRIOS COMISSIONADOS CONTRATADOS PARA ASSESSORIA DE DEPUTADOS ESTADUAIS DA SIGLA FORAM EMPREGADOS NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NO DIRETÓRIO LOCAL DO PARTIDO. A JUSTIÇA PEDE O BLOQUEIO DE R$ 11,3 MILHÕES DOS BENS DOS RÉUS PARA RESSARCIMENTO AOS COFRES PÚBLICOS. Prestação de contas nº 78485.2011.600.0000 - TSE - A JUSTIÇA ELEITORAL DESAPROVOU A PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAL DO DIRETÓRIO NACIONAL DO PPS REFERENTE AO EXERCÍCIO DE FINANCEIRO DE 2010, QUANDO O PARLAMENTAR ERA SECRETÁRIO GERAL DA SIGLA. HOUVE DIVERSAS IRREGULARIDADES NA APLICAÇÃO DE VERBAS DO FUNDO PARTIDÁRIO, COMO A NÃO COMPROVAÇÃO DOS GASTOS E A NÃO UTILIZAÇÃO DE 5% DOS RECURSOS PARA PROMOVER A PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DAS MULHERES. O PARTIDO FOI CONDENADO A RESSARCIR R$ 957 MIL AOS COFRES PÚBLICOS E TEVE SUSPENSOS OS REPASSES DE COTAS DO FUNDO POR UM MÊS.

AN
Andreia Neves em 22/06/2018 14:16

Acho melhor se aposentar ..Já deu o que tinha que dar

AN
Andreia Neves em 22/06/2018 14:16

Acho melhor se aposentar ..Já deu o que tinha que dar

WG
Willian Leonardo Gomes Gomes em 05/07/2018 11:12

Ele recebia auxilio Moradia em apartamento que é da esposa. Foram 29 parcelas de R$4,529 reais, só parou de receber depois que foi descoberto se não estaria recebendo até hoje. E esse montante de mais de 100 mil reais ele mesmo não devolveu. Péssimo politico.

WG
Willian Leonardo Gomes Gomes em 05/07/2018 11:12

Ele recebia auxilio Moradia em apartamento que é da esposa. Foram 29 parcelas de R$4,529 reais, só parou de receber depois que foi descoberto se não estaria recebendo até hoje. E esse montante de mais de 100 mil reais ele mesmo não devolveu. Péssimo politico.