Worthy

WALDEMIR MOKA MIRANDA DE BRITTO

Senador
MDB - MS

Dados do Ranking

2,4

43 avaliaram este parlamentar

WALDEMIR MOKA MIRANDA DE BRITTO

Senador
MDB - MS
34 PRESENÇA NAS SESSÕES
+
15 PRIVILÉGIOS
+
0 PROCESSOS JUDICIAIS
+
14 OUTROS
+
385 QUALIDADE LEGISLATIVA
=
448 PONTUAÇÃO TOTAL
Clique nas pontuações para ver detalhamento

42º
Geral
Estado

Dados do Ranking

2,4

43 avaliaram este parlamentar

Presença nas sessões (Assiduidade)

Compara-se o percentual de faltas do parlamentar com a média de faltas dos demais políticos. A cada dez por cento a mais de faltas que a pessoa tiver, perde-se dez pontos. A cada dez por cento de faltas a menos que o parlamentar tiver, ganha-se dez pontos. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = (((((5,00 + 2 x 1,00)/398,00)/ 0,13 -1) / 0,5) * -10) * 2

Tipo Sessões Presenças Faltas Justificadas Faltas Não Justificadas
Plenário 399 393 5 1

Qualidade Legislativa (Como votou, autor e revisor)

 

Avaliamos as votações das leis mais relevantes do Congresso. As pontuações são definidas por nosso Conselho de Avaliação de Leis levando em conta principalmente sua contribuição para o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

Lei Votou Valor da lei Pontos
DEN 1/2016 - Impeachment - Senado Sim 25 25
Lei Votou Valor da lei Pontos
MPV 671/2015 - Profut - Senado Sim -5 -5
MPV 759/2016 - Regularização Fundiária - Senado Sim 10 10
MPV 726/2016 - Organ. PR e Ministérios - Senado Sim 10 10
MPV 727/2016 - Prog. de Parcerias de Investimentos - Senado Sim 15 15
MPV 746/2016 - Ensino Médio - Senado Sim 20 20
Lei Votou Valor da lei Pontos
OF 70/2017 - Decisão do afastamento de Aécio Neves Não 30 -30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PDC 4/2018 - Intervenção federal no RJ Sim 15 15
Lei Votou Valor da lei Pontos
PEC 40/2011 - Coligações Partidárias Sim 10 10
PEC 7/2015 - ICMS Comércio Eletrônico Sim 5 5
PEC 10/2013 - Fim do Foro Privilegiado Sim 30 30
PEC 3/2016 - Administrativo - Servidores públicos Sim -5 -5
PEC 133/2015 - Econômico - Tributação Sim -10 -10
PEC 159/2015 - PEC dos Precatórios Sim 5 5
PEC 30/2014 - Organização político-administrativa do Estado. Sim 20 20
PEC 31/2016 - Econômico - Planejamento e orçamento. Sim 30 30
PEC 55/2016 - Teto dos Gastos Públicos Sim 30 30
PEC 4/2017 - Filiação partidária Sim 20 20
PEC 36/2016 – Cláusula de Barreira Sim 30 30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PL 90/2007 - Proibição de Corte no Fundo de Segurança Sim -10 -10
Lei Votou Valor da lei Pontos
PLC 2/2015 - Lei da Biodiversidade Não -5 5
PLC 186/2015 - Repatriação de Recursos Não 20 -20
PLC 167/2015 - Jurídico - Direito civil e processual civil Sim 20 20
PLC 125/2015 - Econômico - Tributação. Sim 10 10
PLC 54/2016 - Dívida Pública Sim 15 15
PLC 38/2017 - Reforma Trabalhista - Senado Sim 20 20
PLC 28/2017 - Uber - Senado Não 20 -20
PLC 76/2018 - Econômico Sim 10 10
PLC 77/2018 - Privatização da Eletrobras Não 30 -30
Lei Votou Valor da lei Pontos
PLS 277/2014 - IPTU Sim -10 -10
PLS 375/2011 - Administrativo - Código de Barras Sim 10 10
PLS 274/2015 - PEC da Bengala Sim 10 10
PLS 333/2015 - Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA Sim 10 10
PLS 85/2017 - Abuso de Autoridade Não 10 -10
PLS 131/2015 - Petrobras no Pré-Sal Sim 30 30
PLS 555/2015 => EMD 107 - Flexibilização da Lei das Estatais Não -10 10
PLS 316/2015 - Orçamento Municípios Sim -10 -10
PLS 86/2017 - Voto distrital misto Sim 15 15
PLS 247/2016 - Lei Resp. Fiscal - Seg. Pública Sim -20 -20
PLS 428/2017 - Revisão Periódica de Gastos Sim 20 20
PLS 389/2015 – Proibição de Reajuste para Sucessores Sim 20 20
PLS 212/2017 - Cadastro Positivo - Senado Sim 20 20
PLS 430/2015 - Eleitoral Sim 15 15
PLS 525/2015 - Econômico Sim 10 10
Lei Votou Valor da lei Pontos
REQ de urgência para votação da alteração da Lei anticorrupção Não -10 10
RQS 369/2017 - Urgência Fim do Sigilo BNDES Sim 30 30

 

As leis de autoria do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não possui nenhuma lei de sua autoria avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

 

As leis de revisão do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não revisou nenhuma lei avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

Privilégios (Cota parlamentar/verba indenizatória)

Compara o valor gasto pelo político, no período total do mandato, com a média de gastos dos demais parlamentares no mesmo período. A cada dez por cento de gastos acima da média perde-se dez pontos. A cada dez por cento de gastos abaixo da média dos parlamentares ganha dez pontos. Itens repetidos referem-se a despesas de anos diferentes. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = ((((1.040.326,82/1.395.475,78) -1) / 0,5) * -10) * 3

Ano Valor R$
2018 R$ 206.450,52
2017 R$ 249.514,63
2016 R$ 265.638,06
2015 R$ 318.723,61
TOTAL R$ 1.040.326,82

Processos judiciais (Caso tenha alguma informação, favor enviar para contato@politicos.org.br)

Avaliamos matematicamente a ficha de processos judiciais do político. Para cada processo o político perde 10 pontos. Cada acusação grave (formação de quadrilha, corrupção, crime violento, etc) perde mais 10 pontos. Processos com condenação pesam em triplo. Os processos e justificativas apresentadas pelos parlamentares são analisados em parceria com o escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados.

Este parlamentar não possui processos.

Outros (Demais Critérios)

Descrição Pontos
Formação (Políticos com formação universitária ganham cinco pontos adicionais) 5
Filiações partidárias (Políticos que tenham permanecido sempre no mesmo partido ganham dez pontos. A partir de dois partidos, a cada mudança perde dez pontos.) 10
Os terceiros secretários da Câmara na atual legislatura utilizaram a cota de passagens da Câmara para viagens de parentes. O atual ocupante do cargo, Odair Cunha (PT-MG), usou os créditos para bancar viagens da mulher pelo Brasil. O antecessor, Waldemir Moka (PMDB-MS), viajou com a mulher e as três filhas para a Europa e transportou o ex-deputado José Borba, um dos réus do mensalão, com a cota da Câmara enquanto ocupava a Terceira Secretaria. Moka ainda debitou na conta da Câmara uma passagem de ida e volta com a mulher para Nova Iorque. Questionado, o senador respondeu que na época em que era deputado usou a cota de passagem aérea como todos os deputados. O uso era livre. No entanto, depois de o caso ter vindo a público e o Ministério Público ter feito consultas, devolveu o valor gasto com a família, mais de R$ 52 mil. 1
Foi réu em oito processos impetrados pela Vara de Execução Fiscal da Fazenda Pública Municipal de Campo Grande, principalmente cobranças de dívidas de IPTU não pagas. A equipe de Moka informou que, no final dos anos 90, o então deputado doou uma área para uma entidade para construir sua sede. A doação foi registrada em cartório, mas essa entidade deixou de pagar o IPTU do terreno por alguns anos, gerando a inclusão do nome do Moka como inadimplente. Além de não transferirem a área pro nome da entidade, não pagaram o IPTU. Ao tomar conhecimento, Moka cancelou a doação, retomou a área e pagou a dívida. -1
Reportagem publicada pela "Folha" no dia 26.fev.2010, mostrou que o deputado federal Waldemir Moka (PMDB-MS) gastou R$ 12 mil da Câmara dos Deputados para imprimir 40 mil exemplares de um boletim em que divulga sua candidatura ao Senado. O gasto com a impressão foi autorizado pela Câmara dos Deputados, embora a regra para uso da Ceap (Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar), proíba o pagamento de despesas "de caráter eleitoral". O Ministério Público mandou arquivar a representação porque entendeu que não houve uso de dinheiro indevido pelo então deputado. -1

Avaliar Parlamentar

 5 - Excelente
25,6%
 4 - Muito bom
9,3%
 3 - Razoável
4,7%
 2 - Ruim
4,7%
 1 - Péssimo
55,7%

2,4

43 avaliaram este parlamentar

7 COMENTÁRIO(S)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
PP
Patricia Peres em 24/09/2018 11:48

Não lutou para melhorias em nosso estado MS...principalmente na área de saúde.

PP
Patricia Peres em 24/09/2018 11:48

Não lutou para melhorias em nosso estado MS...principalmente na área de saúde.

SO
STEFANO OLIVEIRA em 18/09/2018 02:06

MS TA FERRADO !

SO
STEFANO OLIVEIRA em 18/09/2018 02:06

MS TA FERRADO !

DO
Daniel Oliveira Nasser em 04/09/2018 21:34

Formado em Medicina e sequer sabe falar; filiado ao MDB de Temer, Jucá e vários outros, sua atuação no Senado limita-se quase que por completo a frases geniais como "barata sabida não atravessa o galinheiro". Conforme noticiou o site G1, na época em que este senhor era deputado federal e foi cotado pelo Presidente Lula para assumir o Ministério da Agricultura, figurava como réu em OITO processos movidos pela Fazenda Pública Municipal de Campo Grande por improbidade administrativa e dívidas de Imposto Territorial e Urbano (IPTU). Depois disso, passou a não mais bajular o PT. Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,AA1493618-5601,00-MOKA+E+ACUSADO+EM+PROCESSOS+NA+JUSTICA+DE+MS.html

DO
Daniel Oliveira Nasser em 04/09/2018 21:34

Formado em Medicina e sequer sabe falar; filiado ao MDB de Temer, Jucá e vários outros, sua atuação no Senado limita-se quase que por completo a frases geniais como "barata sabida não atravessa o galinheiro". Conforme noticiou o site G1, na época em que este senhor era deputado federal e foi cotado pelo Presidente Lula para assumir o Ministério da Agricultura, figurava como réu em OITO processos movidos pela Fazenda Pública Municipal de Campo Grande por improbidade administrativa e dívidas de Imposto Territorial e Urbano (IPTU). Depois disso, passou a não mais bajular o PT. Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,AA1493618-5601,00-MOKA+E+ACUSADO+EM+PROCESSOS+NA+JUSTICA+DE+MS.html

JP
JOÃO BOSCO PERES LOPES em 10/05/2018 11:14

Farinha do saco do Temer. E; pior, nunca ouvi falar de algum projeto dele aprovado, que favorece-se o MS. Não voto nele.

JP
JOÃO BOSCO PERES LOPES em 10/05/2018 11:14

Farinha do saco do Temer. E; pior, nunca ouvi falar de algum projeto dele aprovado, que favorece-se o MS. Não voto nele.

RM
Rosa maria Machado Abdalla em 15/04/2018 16:35

Razoável

RM
Rosa maria Machado Abdalla em 15/04/2018 16:35

Razoável

EV
Edney Vicente dos Santos em 05/04/2018 23:03

Pertence ao MDB, partido do Temer, ligado a corrupção junto com o PT. Me diga com quem andas que lhe digo quem és! Partido de corruptos que andam com corruptos e fazem aliança com corruptos! HORA DE MUDAR!

EV
Edney Vicente dos Santos em 05/04/2018 23:03

Pertence ao MDB, partido do Temer, ligado a corrupção junto com o PT. Me diga com quem andas que lhe digo quem és! Partido de corruptos que andam com corruptos e fazem aliança com corruptos! HORA DE MUDAR!

Jd
Julio Cesar de Souza Pinto em 27/01/2018 16:07

LIXO, Corrupto

Jd
Julio Cesar de Souza Pinto em 27/01/2018 16:07

LIXO, Corrupto