Worthy

MARIA MARGARIDA MARTINS SALOMÃO

Deputado Federal
PT - MG

Dados do Ranking

1,8

73 avaliaram este parlamentar

MARIA MARGARIDA MARTINS SALOMÃO

Deputado Federal
PT - MG
13 PRESENÇA NAS SESSÕES
+
3 PRIVILÉGIOS
+
0 PROCESSOS JUDICIAIS
+
15 OUTROS
+
-60 QUALIDADE LEGISLATIVA
=
-29 PONTUAÇÃO TOTAL
Clique nas pontuações para ver detalhamento

473º
Geral
46º
Estado

Dados do Ranking

1,8

73 avaliaram este parlamentar

Presença nas sessões (Assiduidade)

Compara-se o percentual de faltas do parlamentar com a média de faltas dos demais políticos. A cada dez por cento a mais de faltas que a pessoa tiver, perde-se dez pontos. A cada dez por cento de faltas a menos que o parlamentar tiver, ganha-se dez pontos. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = ((((((2 x 0,00)/11,00)/ 0,17 -1) / 0,5) * -10) * 2) / 3

Tipo Sessões Presenças Faltas Justificadas Faltas Não Justificadas
Plenário 11 10 1 0

Qualidade Legislativa (Como votou, autor e revisor)

 

Avaliamos as votações das leis mais relevantes do Congresso. As pontuações são definidas por nosso Conselho de Avaliação de Leis levando em conta principalmente sua contribuição para o combate à corrupção, aos privilégios e ao desperdício de recursos públicos.

Lei Votou Valor da lei Pontos
PLP 39/20 - DTQ 15 - Ampliação de exceções ao congelamento de salário Sim -10 -10
PLP 39/20 - DTQ 13 - Ajuste na regra de distribuição de recursos Não -5 5
DTQ 2 - PL 1179/2020 - Poder ao síndico de proibir reuniões em aptos Sim -10 -10
Lei Votou Valor da lei Pontos
MPV 897/2019 - MP do Agro Não 15 -15
Lei Votou Valor da lei Pontos
LDO 2020 - Veto 52 - Orçamento Impositivo - ítens 5 a 10 - Câmara Não 10 -10
PL 3267/19 - Novo Código de Trânsito Brasileiro - Câmara Não 10 -10
Lei Votou Valor da lei Pontos
PLN 1/2020 - Aumento para Policiais e Bombeiros do DF - Câmara Sim -10 -10

 

As leis de autoria do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não possui nenhuma lei de sua autoria avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

 

As leis de revisão do parlamentar estão agrupadas por tipo de leis.

Este parlamentar não revisou nenhuma lei avaliada pelo Ranking dos Políticos até o momento.

Privilégios (Cota parlamentar/verba indenizatória)

Compara o valor gasto pelo político, no período total do mandato, com a média de gastos dos demais parlamentares no mesmo período. A cada dez por cento de gastos acima da média perde-se dez pontos. A cada dez por cento de gastos abaixo da média dos parlamentares ganha dez pontos. Itens repetidos referem-se a despesas de anos diferentes. Para a pontuação referente a algum ano específico, a nota é anualizada. Usa-se a equação a seguir pontos = (((((104.172,01/126.508,46) -1) / 0,5) * -10) * 3) / 3

Ano Valor R$
2020 R$ 104.172,01
TOTAL R$ 104.172,01

Processos judiciais (Caso tenha alguma informação, favor enviar para contato@politicos.org.br)

Avaliamos matematicamente a ficha de processos judiciais do político. Para cada processo o político perde 10 pontos. Cada acusação grave (formação de quadrilha, corrupção, crime violento, etc) perde mais 10 pontos. Processos com condenação pesam em triplo. Os processos e justificativas apresentadas pelos parlamentares são analisados em parceria com o escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados.

Este parlamentar não possui processos.

Outros (Demais Critérios)

Descrição Pontos
Formação (Políticos com formação universitária ganham cinco pontos adicionais) 5
Filiações partidárias (Políticos que tenham permanecido sempre no mesmo partido ganham dez pontos. A partir de dois partidos, a cada mudança perde dez pontos.) 10

Avaliar Parlamentar

 5 - Excelente
19,2%
 4 - Muito bom
0%
 3 - Razoável
2,7%
 2 - Ruim
2,7%
 1 - Péssimo
75,4%

1,8

73 avaliaram este parlamentar

15 COMENTÁRIO(S)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:07

Margarida Salomão, professora emérita da UFJF, soma em seu currículo 40 anos de docência na instituição. O ingresso na Universidade deu-se em 1968, como aluna da primeira turma da Licenciatura em Letras. Entre 1994 e 1998 foi Pró-Reitora de Pesquisa, iniciando o processo de expansão da pós-graduação na UFJF. Em 1998, Margarida se tornou primeira mulher a ocupar o cargo de reitora da instituição, posição que manteve por dois mandatos consecutivos, entre os períodos de 1998 a 2002 e de 2002 a 2006, sendo que quando candidata a reeleição - em 2002 - fora candidata única por conta do grande apoio e aceitação de suas praticas na reitoria.[4] Seu mandato à frente da UFJF ficou popularmente conhecido por implementar cursos noturnos, sistemas de cotas e estreitar as relações entre a universidade e a comunidade. Como reitora da UFJF, incentivou a participação popular e a inovação como pilares de sua administração. Liderou a criação do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (CRITT), com o objetivo de aproximar Universidade e Sociedade no campo do desenvolvimento, finalidade para a qual também militou na criação da Agência do Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região. Com o objetivo de fomentar alternativas na área de expansão do trabalho e da renda, implantou em 1998 na UFJF a INTECOOP, Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares, iniciativa que inaugura em Juiz de Fora o campo da Economia Solidária, importante inovação na área do desenvolvimento econômico e social. Em 1999, num período de grande restrição de recursos para as universidades federais, Margarida liderou o esforço para a criação dos novos cursos de Engenharia da Produção e Turismo, além de ter multiplicado multiplicar por quatro as vagas de curso noturnos, para garantir o acesso à UFJF da população trabalhadora. Inaugurou em dezembro de 2001 a terceira Casa de Parto do Brasil, em convênio com o Ministério da Saúde, dedicada exclusivamente à prática do parto normal. Aproximadamente mil gestantes deram à luz no local, com absoluta segurança e de forma humanizada. Em 2004, Margarida presidiu a decisão do Conselho Superior da UFJF de adotar o sistema de cotas sociais e raciais para o ingresso nos cursos da Universidade, com vistas à inclusão dos grupos historicamente excluídos do acesso às instituições públicas de ensino superior. A aprovação desta medida de justiça social pela UFJF antecede em oito anos a lei federal que estendeu esta decisão para todo o Brasil. Ainda na área da saúde, Margarida construiu e inaugurou, em setembro de 2006, com a presença do Presidente Lula, o CAS, Centro de Atenção à Saúde do Hospital Universitário da UFJF. Na ocasião, o Presidente Luia declarou “Nenhuma cidade do Brasil tem um hospital desta qualidade”. Infelizmente, a gestão sucessora descontinuou a implantação do projeto e deu início a uma expansão inacabada do HU. Antes de assumir o mandato parlamentar, ou seja, até o fim de 2012, Margarida Salomão atuava como professora associada na graduação em Letras e pós-graduação em Linguística na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora, onde liderava o projeto de pesquisa FrameNet Brasil (rede lexical do Português do Brasil segundo sua descrição pela semântica de frames).[5]

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:07

Margarida Salomão, professora emérita da UFJF, soma em seu currículo 40 anos de docência na instituição. O ingresso na Universidade deu-se em 1968, como aluna da primeira turma da Licenciatura em Letras. Entre 1994 e 1998 foi Pró-Reitora de Pesquisa, iniciando o processo de expansão da pós-graduação na UFJF. Em 1998, Margarida se tornou primeira mulher a ocupar o cargo de reitora da instituição, posição que manteve por dois mandatos consecutivos, entre os períodos de 1998 a 2002 e de 2002 a 2006, sendo que quando candidata a reeleição - em 2002 - fora candidata única por conta do grande apoio e aceitação de suas praticas na reitoria.[4] Seu mandato à frente da UFJF ficou popularmente conhecido por implementar cursos noturnos, sistemas de cotas e estreitar as relações entre a universidade e a comunidade. Como reitora da UFJF, incentivou a participação popular e a inovação como pilares de sua administração. Liderou a criação do Centro Regional de Inovação e Transferência de Tecnologia (CRITT), com o objetivo de aproximar Universidade e Sociedade no campo do desenvolvimento, finalidade para a qual também militou na criação da Agência do Desenvolvimento de Juiz de Fora e Região. Com o objetivo de fomentar alternativas na área de expansão do trabalho e da renda, implantou em 1998 na UFJF a INTECOOP, Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares, iniciativa que inaugura em Juiz de Fora o campo da Economia Solidária, importante inovação na área do desenvolvimento econômico e social. Em 1999, num período de grande restrição de recursos para as universidades federais, Margarida liderou o esforço para a criação dos novos cursos de Engenharia da Produção e Turismo, além de ter multiplicado multiplicar por quatro as vagas de curso noturnos, para garantir o acesso à UFJF da população trabalhadora. Inaugurou em dezembro de 2001 a terceira Casa de Parto do Brasil, em convênio com o Ministério da Saúde, dedicada exclusivamente à prática do parto normal. Aproximadamente mil gestantes deram à luz no local, com absoluta segurança e de forma humanizada. Em 2004, Margarida presidiu a decisão do Conselho Superior da UFJF de adotar o sistema de cotas sociais e raciais para o ingresso nos cursos da Universidade, com vistas à inclusão dos grupos historicamente excluídos do acesso às instituições públicas de ensino superior. A aprovação desta medida de justiça social pela UFJF antecede em oito anos a lei federal que estendeu esta decisão para todo o Brasil. Ainda na área da saúde, Margarida construiu e inaugurou, em setembro de 2006, com a presença do Presidente Lula, o CAS, Centro de Atenção à Saúde do Hospital Universitário da UFJF. Na ocasião, o Presidente Luia declarou “Nenhuma cidade do Brasil tem um hospital desta qualidade”. Infelizmente, a gestão sucessora descontinuou a implantação do projeto e deu início a uma expansão inacabada do HU. Antes de assumir o mandato parlamentar, ou seja, até o fim de 2012, Margarida Salomão atuava como professora associada na graduação em Letras e pós-graduação em Linguística na Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora, onde liderava o projeto de pesquisa FrameNet Brasil (rede lexical do Português do Brasil segundo sua descrição pela semântica de frames).[5]

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:06

Maria Margarida Martins Salomão, mais conhecida como Margarida Salomão (Juiz de Fora, 10 de junho de 1950), é uma linguista, professora universitária, escritora e política brasileira. É graduada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora, mestre em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutora também em Linguística pela Universidade de Berkeley (EUA).[1] [ligação inativa] No ano de 2007, concluiu Pós-Doutorado pela University of California.[2] Hoje, é Deputada Federal pelo Partido dos Trabalhadores do estado de Minas Gerais e presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades.[3]

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:06

Maria Margarida Martins Salomão, mais conhecida como Margarida Salomão (Juiz de Fora, 10 de junho de 1950), é uma linguista, professora universitária, escritora e política brasileira. É graduada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora, mestre em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e doutora também em Linguística pela Universidade de Berkeley (EUA).[1] [ligação inativa] No ano de 2007, concluiu Pós-Doutorado pela University of California.[2] Hoje, é Deputada Federal pelo Partido dos Trabalhadores do estado de Minas Gerais e presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades.[3]

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:05

Ótima

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:05

Ótima

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:05

Trabalha sério, Luta constante pela educação... Educação essa que poderia ajudar muitos postantes de comentários abaixo... Que além de não terem o mínimo, demonstram total desconhecimento e falta de respeito.

EL
Edward Lopes dos Santos em 04/07/2020 12:05

Trabalha sério, Luta constante pela educação... Educação essa que poderia ajudar muitos postantes de comentários abaixo... Que além de não terem o mínimo, demonstram total desconhecimento e falta de respeito.

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:02

Melhor

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:02

Melhor

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:01

Melhor

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:01

Melhor

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:01

Melhor

GJ
Gilberto Junior em 30/03/2020 16:01

Melhor

GG
Gil Gualberto em 26/02/2020 22:47

Essa mulher está até hj na politica e sempre apoiou a ladroagem do PT, principalmente do ex governador Fernando Pimentel, q deixou Minas QUEBRADA. Uma desgraça q espero q nnn se reeleja nuuuuunca mais. E falo como ex PTista q fui por déééécadas. Um liiiixooooooo!

GG
Gil Gualberto em 26/02/2020 22:47

Essa mulher está até hj na politica e sempre apoiou a ladroagem do PT, principalmente do ex governador Fernando Pimentel, q deixou Minas QUEBRADA. Uma desgraça q espero q nnn se reeleja nuuuuunca mais. E falo como ex PTista q fui por déééécadas. Um liiiixooooooo!

NF
NILTON LUIS FERRETTO MEIRA em 14/02/2020 12:54

Deturpa as palavras de quem realmente esta fazendo a diferença por esse país, não falo nem por falta de conhecimento mas o problema é por ser de esquerda tudo que venha ou não de bom desse governo os esquerdaptralhas vão falar mentiras pois para eles interessa somente seu umbigo. minas não reeleja quem é contra o Brasil, acorda povo

NF
NILTON LUIS FERRETTO MEIRA em 14/02/2020 12:54

Deturpa as palavras de quem realmente esta fazendo a diferença por esse país, não falo nem por falta de conhecimento mas o problema é por ser de esquerda tudo que venha ou não de bom desse governo os esquerdaptralhas vão falar mentiras pois para eles interessa somente seu umbigo. minas não reeleja quem é contra o Brasil, acorda povo

JC
Julio Cesar em 06/04/2019 16:27

Uma das melhores deputadas do Brasil

JC
Julio Cesar em 06/04/2019 16:27

Uma das melhores deputadas do Brasil

TG
Tárik Galvão Neves em 25/02/2019 19:20

Mostra bastante desconhecimento sobre a reforma da previdência e propaga essas desinformações em suas redes sociais

TG
Tárik Galvão Neves em 25/02/2019 19:20

Mostra bastante desconhecimento sobre a reforma da previdência e propaga essas desinformações em suas redes sociais

MA
Maria Martha Alves Rattes em 08/08/2018 07:06

Não concordo com a posição da Deputada Margarida Salomão,Ela faz um excelente trabalho,não está envolvida com corrupção, roubos e outros .

MA
Maria Martha Alves Rattes em 08/08/2018 07:06

Não concordo com a posição da Deputada Margarida Salomão,Ela faz um excelente trabalho,não está envolvida com corrupção, roubos e outros .

WD
William Daniel em 19/06/2018 17:47

Gasta demais com cota parlamentar. É contra a Lava-Jato. Não conheço nenhuma benfeitoria realizado por ele em favor do Estado ou do País.

WD
William Daniel em 19/06/2018 17:47

Gasta demais com cota parlamentar. É contra a Lava-Jato. Não conheço nenhuma benfeitoria realizado por ele em favor do Estado ou do País.

Ms
MARCELO MILITÃO DA SILVA silva em 23/04/2018 10:41

VERGONHA PARA O BRASIL

Ms
MARCELO MILITÃO DA SILVA silva em 23/04/2018 10:41

VERGONHA PARA O BRASIL

UR
URIANDER ROBERTES em 21/02/2018 20:26

Queria muito saber oque essa desgraça faz viva ainda? Porque o satanás não veio buscar essa bactéria

UR
URIANDER ROBERTES em 21/02/2018 20:26

Queria muito saber oque essa desgraça faz viva ainda? Porque o satanás não veio buscar essa bactéria

Worthy
MARIA MARGARIDA MARTINS SALOMÃO
Deputado Federal
PT - MG
Ranking dos Políticos